NOTÍCIAS

09/08/2019

Valorizações no mercado do boi gordo

Em São Paulo, apesar de estabilidade nos preços, alguns frigoríficos, com escalas menores, ofertaram preços maiores

Em meio à entressafra de boiadas, a dificuldade de encontrar a matéria-prima está valorizando o boi gordo em diversas praças. 

Em Campo Grande-MS, as escalas mais curtas, com média de três dias, fizeram com que os frigoríficos aumentassem as ofertas de compra na última quinta-feira (8/8). Segundo levantamento da Scot Consultoria, a cotação do boi gordo ficou em R$145,00/@, a prazo, livre de Funrural, valorização de 1,4% desde o início do mês. 

Em Mato Grosso, a oferta restrita de animais também valorizou o boi gordo nas regiões norte e sudoeste. Ambas as praças tiveram alta de 0,7% nos preços desde o início da semana.   

No Sul do Tocantins, o mercado também segue firme e, no fechamento de quinta-feira houve alta de 0,3% para o boi gordo na comparação dia a dia. 

Em São Paulo, apesar de estabilidade nos preços, alguns frigoríficos, com escalas menores, ofertaram preços maiores que a referência. As programações de abate no estado giram em torno de seis dias.

Fonte: agrolink